DEDICATÓRIA

“ São os pés dos que pisam,

as mãos dos não escribas,

as cabeças dos não conceitos,

que tecem no chão da história

o concreto da luta”.

(Gustavo Lira)

 

 

A Cartografia da Cultura é dedicada à SOLIBEL – Sociedade Lírica do Belmonte e à SCAC – Sociedade de Cultura Artística do Crato, duas escolas de artes formadoras de gerações de artistas e cidadãos cratenses. Inúmeros músicos e atores foram gestados nesses dois ventres, sob os cuidados do Padre Ágio Augusto Moreira e da senhora Divane Cabral.

 

As sementes plantadas pelo Padre Ágio brotaram e ecoam notas que encantam o povo do Crato e de todos os lugares onde são tocadas. Sob a regência de Divane, muitas crianças, jovens e adultos receberam as orientações necessárias para a formação artística e para a vida.

 

Dedicamos a Cartografia a Antônio José Lourenço da Silva, o inesquecível Antônio Aniceto, falecido em 12 de janeiro de 2015, em nome de todos os mestres e familiares queridos que partiram, seres iluminados, responsáveis pela estrutura artística e cultural do município e de seus moradores.

 

Este projeto é também dedicado aos mestres da Cultura que estão entre nós, que por meio de ações e palavras cotidianas, inspiram modos de viver, saber e fazer nas gerações atuais e vindouras. Em nome destes homens e mulheres brilhantes, celebramos o mestre Raimundo Aniceto, que ensina a garra e a vontade de viver.

 

A Cartografia é dedicada aos artistas de todas as linguagens que em suas constantes lutas, laboram para que a arte se efetive como um instrumento de transformação humana e cidadania.

AGRADECIMENTOS

 

Agradecemos à Universidade Regional do Cariri - URCA, por meio da sua Pró-Reitoria de Extensão e do Departamento de Geociências, pela colaboração técnico-científica e a divulgação da iniciativa.

 

Agradecimentos à equipe do Ministério da Cultura, que manteve colaboração técnica e institucional até quando foi possível em agosto de 2016.

 

Agradecemos ao Estado do Ceará, por meio do Governador Camilo Santana, do secretário estadual de Cultura Fabiano dos Santos Piúba e do Reitor da URCA prof. Dr. Patrício Melo, pela escuta acurada e a sensibilidade acerca da realização da Cartografia Cultural do Cariri Cearense.

 

Agradecemos a Ronaldo Sampaio Gomes de Matos, prefeito do Crato de 2013 a 2016, por ter possibilitado a implantação da Secult e a aprovação dos marcos legais do Sistema Municipal de Cultura.

 

Por meio do colega João do Crato, expressamos gratidão aos colaboradores da Secult, companheiros no planejamento e nas ações, conscientes e leais aos valores que regem o servidor público, quando disposto a superar as adversidades e a agir em prol do bem comum.

 

Agradecemos ao Laboratório de Economia Criativa da UFCA e à Escola Estadual de Educação Profissional Maria Violeta Arraes de Alencar Gervaseau, pelas parcerias que viabilizaram a presença dos jovens como estagiários do projeto.

 

Por meio do jornalista Huberto Cabral, agradecemos aos pesquisadores, poetas, memorialistas, intelectuais, fotógrafos, cineastas e escribas que voluntariamente colaboraram para que o projeto pudesse florescer.

 

E representando todos os artistas que inscreveram seus nomes na cartografia, na história e na identidade da cidade, que são a seiva do nosso rizoma, sempre estimulando a persistir até que a obra de arte esteja conclusa, agradecemos a Elói Teles de Morais (1936-2000), Amarílio Carvalho (1922-2013), Sérvulo Esmeraldo (1929-2017) e Geraldo Urano (1953-2017), pedindo palmas para os nossos heróis.